Genotyping opta por solução Motion LIS para apoiar o crescimento do negócio

Os exames genéticos prometem revolucionar a medicina preventiva e personalizada. São exames que podem ajudar a diagnosticar doenças futuras em pessoas que hoje estão sadias. Foi o caso da atriz Angelina Jolie, por exemplo, que resolveu fazer uma dupla mastectomia preventiva depois de descobrir sua alta predisposição a desenvolver câncer de mama através da análise do seu DNA. No caso da atriz, o exame revelou que ela carregava uma mutação nos genes BRCA1 e BRCA2, e forneceu uma estimativa de risco de 87% para câncer de mama e de 50% para câncer de ovário.

A cada dia novas plataformas para testes genéticos estão sendo desenvolvidas acompanhando o constante entendimento sobre os genes. Prova disso, é que na época em que a atriz submeteu-se à análise genética, só era possível avaliar os dois genes mencionados acima, que foram investigados devido ao seu histórico familiar.

Atualmente, quando não há informações sobre o histórico familiar de um paciente ou quando não se obtém resultados conclusivos em outras metodologias, os médicos podem solicitar uma análise de varredura em todas as regiões codificantes do DNA, conhecido como exoma, ou optar por painéis que verificam diversos genes de relevância a uma determinada doença.  Essa análise só tornou-se possível com os sequenciadores de próxima geração, conhecidos como Next Generation Sequencing (NGS).

Estratégia de crescimento

No Brasil, a Genotyping Diagnósticos Genéticos foi pioneira no uso da tecnologia NGS para diagnóstico de doenças. Enquanto outras técnicas de biologia molecular podem ser demoradas, onerosas e possuir algumas limitações quanto ao número de genes analisados, o sequenciamento NGS permite a análise paralela de um grande número de genes, o que aumenta significativamente a porcentagem de casos nos quais o diagnóstico molecular é conclusivo, trazendo eficiência e boa relação custo-benefício no diagnóstico.

A alta confiabilidade da tecnologia NGS na comunidade médica, aliada a uma maior divulgação dos possíveis exames e a cobertura obrigatória de algumas doenças por parte dos planos de saúde, permitem que as pessoas recorram a Genotyping para realizar testes genéticos que antes eram feitos em laboratórios no exterior. Para suportar a estrutura desse crescimento, a Genotyping fechou recentemente parceria com a Inovapar Soluções, empresa nacional de consultoria e projetos de tecnologia para saúde, e iniciou a implantação da solução Motion LIS (Laboratory System Information), desenvolvido pela Touch Health, em seu laboratório em Botucatu.

A decisão por um sistema de informação laboratorial como o Motion LIS garante um aumento na rastreabilidade das amostras e dos exames executados, bem como a automatização de processos manuais, garantindo assim um aumento na produtividade sem perder a qualidade, tão requerida nos serviços oferecidos pelo laboratório. Outro ponto decisivo para essa implantação foi a exigência da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de que todos os laudos sejam liberados com certificação digital. Atento a isso, o Motion LIS foi estruturado para comunicar-se tanto com a certificação digital via servidor como por token.

Para que os processos sejam executados de modo mais eficientes dentro da nova plataforma, a equipe da Inovapar faz uma avaliação de todos esses processos e identifica as atuais necessidades. Será colocada em produção a plataforma completa de gestão de laboratórios, incluindo os módulos de Atendimento, Faturamento, SAC e Disponibilização de laudos e imagens na internet.

Notícia originalmente publicada no portal LabNetwork.

Deixe seu comentário